domingo, 24 de abril de 2011

O sino das ondas

Link para o site do Bells Beach 2011


O Bells Beach Pro, campeonato de surf mais antigo em atividade, encerrou hoje sua 50ª edição. Válida como a 2ª etapa do world tour masculino e feminino, aconteceu em ondas de até 2,5m e boa formação. Com esse tamanho todo, o surf progressivo, cheio de aéreos e cambalhotas outras, deu lugar ao surf de linha, power, e foi bonito de se ver.

No feminino, a vitória foi do fenômeno Sally Fitzgibbons (só notas acima de 9!) e a Silvana Lima ficou em 3º. A Jacqueline Silva sofreu um acidente de carro antes do começo da competição e deve voltar em 6 meses.

No masculino, vimos o Raoni perder na 2ª fase (de novo...). O Heitor Alves ficou em 13º, mas teve uma atuação perfeita na 1ª fase. Alejo Muniz passou direto da 1ª para a 3ª fase, onde perdeu pro Jadson André, que, por sua vez, surpreendeu a quem costuma criticar seu surf de backside e chegou às quartas - perdeu pro vice, Mick Fanning, após ganhar de Tiago Pires nas oitavas. Mineirinho ficou em 3º e deu um fumo no Slater nas oitavas (18.00 x 11.24). O grande vencedor foi Joel Parkinson, autor da única nota 10 do campeonato (na última onda da final). O ranking está assim:

1 Kelly Slater 15200
2 Joel Parkinson 14000
3 Jordy Smith 13000
4 Adriano De Souza 10500
4 Tiago Pires 10500
...
9 Alejo Muniz 6950
9 Jadson André 6950
19 Heito Alves 3500
33 Raoni Monteiro 1000

A próxima etapa será o Billabong Pro Rio, de 11 a 22 de maio. Distribuirá US$500.000 e terá à sua disposição o Arpoador, o Canto do Recreio e a Barra da Tijuca.

Nenhum comentário: