terça-feira, 6 de novembro de 2012

WT Santa Cruz 2012 – resumo final


As ondas apareceram, o sol e o público deram as caras. Alguns dos tops foram mal, outros foram péssimos; alguns desesperados por pontos para manter-se no world tour conseguiram seus melhores resultados, enquanto outros veem a sombra do wqs cada vez maior sobre suas cabeças.
O vencedor foi Taj Burrow, que por ter ido mal nas etapas européias, não está mais entre os contendores ao título. O vice, Matt Wilkinson, fez sua primeira final no WT e garantiu sua permanência na elite para o próximo ano.

Os contendores

Joel Parkinson foi o único a evitar a 2ª fase; foi destaque em todas as fases com a melhor escolha de ondas até que, nas quartas de final, perdeu para Travis Logie, um dos desesperados. Na repescagem, Fanning perdeu por 0,04 para Jadson, que conseguiu a onda vencedora no último minuto. John John esteve apático e perdeu para outro desesperado, Matt Wilkinson. Slater não conseguiu se entender muito com as ondas, mas conseguiu avançar até a 5ª fase, quando perdeu para Adriano de Souza. Mineirinho foi bem até as quartas de final, mas foi um pouco conservador em sua última onda contra Wilkinson, não conseguiu a nota necessária e se despediu da corrida pelo título mundial.

Os brasileiros

Apenas Gabriel Medina venceu na 1ª fase e pulou a repescagem, onde Heitor Alves e Miguel Pupo caíram. Na 3ª fase, Jadson não conseguiu muita coisa numa hora ruim do mar e perdeu pro Taj. A fase seguinte, não eliminatória, só serviu pra galera conhecer melhor o pico, já que ninguém passou. Medina e Alejo travaram o primeiro confronto da 5ª fase, com a vitória do Gabriel. Raoni conseguiu vencer algumas baterias difíceis: na 2ª fase contra Julian Wilson e na 3ª contra Jordy Smith, mas não encontrou uma segunda onda na 5ª fase contra Travis Logie. Terminou em 9º lugar, e precisa de um resultado similar ou melhor na próxima etapa para se manter no WT. Alejo venceu Miguel Pupo na 2ª fase e Bede Durbdige na 3ª, e chamou positivamente a atenção de bastante gente durante sua trajetória na etapa até perder para Medina na 5ª fase, que, por sua vez, só veio a perder nas quartas de final contra Taj Burrow.

No ranking do world tour, os brasileiros estão assim:
Adriano de Souza- 5º
Gabriel Medina - 7º
Alejo Muniz - 16º
Miguel Pupo - 20º
Heitor Alves - 25º
Raoni Monteiro - 27º
Jadson André - 32º

Fatos curiosos

A área de competição é cercada em qualquer etapa, mas, nesta, os competidores tinham de pular a dita cuja pra entrar no mar.
Ronnie Blaykey e Brad Gerlach, o rei das onomatopeias surfísticas, comentaristas on-line, não se cansaram de discordar um do outro durante a transmissão.

A próxima e última etapa será de 8 a 20 de dezembro em Pipeline, Havaí.

Nenhum comentário: